Nem Um Pouco Épico

TRIGGER WARNING: Abuso e Empatia

tumblr_mnndxdp6yl1sqh8gqo2_500

Trigger Warning (TW, ou ‘Aviso de Gatilho’ em uma tradução livre e literal) é um pequeno aviso sobre o conteúdo de um determinado material que pode, entre outras coisas, ativar memórias e causar algum efeito de estresse pós-traumático nas pessoas, o que vai desde um pequeno desconforto até um ataque de pânico. O termo surgiu no contexto dos blogs feministas, onde muitos artigos sobre violência sexual feminina eram escritos e colocados para discussão, como uma maneira de avisar aos leitores que, caso aquilo fosse incomodá-los, havia uma oportunidade para que a pessoa não o lesse.

Esse post é sobre 13 Reasons Why e outras coisas, vai ser MUITO longo e se você não se importar em ler, talvez ele faça mais sentido do que eu pensava que faria.

Todos temos algum problema, ou em algum momento da vida passamos por alguma situação que não conseguimos lidar sozinhos. Quando se é adolescente, estes problemas parecem que vão ser eternos e consomem todo o nosso ser. É algo explicado cientificamente, e se você viu a série da Netflix, 13 Reasons Why, principalmente o especial com os produtores e atores, você sabe disso. Pode parecer algo exagerado e uma informação desnecessária, afinal, todos já foram adolescentes e “eu não passei por isso” muitas vezes vem na cabeça de algumas pessoas. Se colocar na posição de alguém em sofrimento, é ignorar completamente o que VOCÊ sentiria e o que VOCÊ faria, é parar para pensar como aquela pessoa sente e o que ela faria. A empatia é algo muito complexo e nem sempre a gente consegue por em prática, mesmo achando que estamos.

Read more

Vamos falar sobre Trigger Warnings?

Atenção: este post fala sobre temas que causam triggers (podem acionar gatilhos de ansiedade).

Nunca tive problemas com objetos cortantes. Nunca fui violentado. Nunca tive cicatrizes emocionais profundas por conta de alguma coisa que alguém fez ou disse comigo. Nunca precisei ser alertado sobre alguma coisa antes de vê-la, por medo de que o conteúdo pudesse, de alguma forma, fazer com que eu me sentisse mal ou reativasse memórias que deixei em um cantinho obscuro do cérebro, onde nunca mais quero ser obrigado a revê-las.

Mas isso sou eu, e não sou uma regra.

O assunto desse post pode ser um pouco sério demais, mas é um negócio que precisa ser discutido: vamos conversar sobre a necessidade de Trigger Warnings?

Read more

Scroll To Top