Arquivo da tag: literatura nacional

O Cidadão Incomum, de Pedro Ivo

15203226_1206987516061091_2006007959383776375_nEra pra ser uma noite comum na vida de Caliel quando ele descobre que pode voar. Não há respostas, e as perguntas de sempre deixam de fazer sentido. Em velocidade estendida, perto da Lua, ele contempla a cidade que se move em três dimensões. Seu corpo, no entanto, flutua à revelia do tempo – ao menos, de como o conhecemos.

As cores estão diferentes. O clima. O cheiro. Criaturas rastejam pelas sombras do centro da cidade. O sangue circula em câmera lenta pelas veias de Caliel, mas não se trata apenas de poderes e transformações físicas, não, isso seria simplificar essa história. É preciso olhar mais de perto, para o lado de dentro, onde se constrói um homem. Só assim é possível ouvir a dor e a angústia de Caliel em seus passos quebrados pela metrópole. Continue lendo O Cidadão Incomum, de Pedro Ivo

Dias Perfeitos – Raphael Montes

EDIAS_PERFEITOS_1394296860Pditora: Companhia das Letras

Lançamento: Março/2014

“O protagonista do livro é Téo, um jovem e solitário estudante de medicina que divide seu tempo entre cuidar da mãe paraplégica e dissecar cadáveres nas aulas de anatomia. Num churrasco a que vai com a mãe contrariado, Téo conhece Clarice, uma jovem de espírito livre que sonha tornar-se roteirista de cinema.

Clarice está escrevendo um road movie de nome “Dias perfeitos”. O texto ainda está cru, mas ela já sabe a história que quer contar: as desventuras de três amigas que viajam de carro pelo país em busca de experiências amorosas.

Téo fica viciado em Clarice: quer desvendar aquela menina diferente de todas que conheceu. Começa, então, a se aproximar de forma insistente. Diante das seguidas negativas, opta por uma atitude extrema: desfere um golpe na cabeça dela e, ato contínuo, sequestra a garota.”

Ah, psicopatas… quem não adora um psicopata fictício? (porque é claro que ninguém gosta dos reais) (assim espero). Eles são frios e calculistas, trazem consigo uma coerência interna para os seus atos e acreditam que tudo o que fazem não é nada demais. Ah, qual é o problema de degolar uma garota? Que que tem enfiar uma furadeira em alguém? Qual é o problema de esquartejar alguém?

tumblr_n39zu9tug11t04x43o1_500

Continue lendo Dias Perfeitos – Raphael Montes