Arquivo da tag: chris pine

BONDE DAS MARAVILHAS: Mulher Maravilha

Mulher Maravilha (Patty Jenkins, 2017) é provavelmente a adaptação de quadrinhos mais esperada desse ano. Não só por ser a primeira vez que a super-heroína é adaptada para live-action em décadas, mas também por ser o primeiro filme solo protagonizado por uma heroína dessa nova leva de adaptações cinematográficas da DC (e da Marvel). Havia muita expectativa em cima desse filme, porque ele seria uma MUDANÇA NO JOGO, independente da sua qualidade. Há um grande viés em Hollywood para histórias escritas, dirigidas e protagonizadas por homens, principalmente no gênero de Filmes de Super-Heróis, e a escolha de uma diretora vencedora do Oscar para a direção desse filme deixou os fãs animados e ansiosos para conferir o resultado.

E o resultado foi:

excited

Mas vamos ao que interessa: Mulher Maravilha conta a história da amazona Diana, filha de Hypólita, a Rainha das Amazonas, que cresceu entre as histórias mitológicas do seu povo – desde o fato dela ter sido moldada do barro pela sua mãe e Zeus ter lhe dado a vida, até a história da missão primordial das Amazonas no mundo, que é manter a harmonia no mundo dos homens e impedir Ares de corrompê-los com a guerra. Diana é uma criança que cresce na ilha das amazonas com todas as regalias de uma princesa, mas sonhando com a batalha. E, quando a batalha vem, quando ela finalmente conhece a Guerra, entende o quão terrível ela pode ser. Continue lendo BONDE DAS MARAVILHAS: Mulher Maravilha

Star Trek – Sem Fronteiras (3D) entrega muita diversão aos fãs

Este ano a série ”Star Trek” (ou ainda em bom português: Jornada nas Estrelas), está comemorando 50 anos. Sua trama acompanha as aventuras do capitão James T. Kirk e a tripulação da nave Enterprise em explorações grandiosas pelas galáxias. O grupo faz parte da frota estelar responsável pela defesa da Federação dos Planetas Unidos (Estado federal interestelar que reúne mais de 150 planetas-membros e também colônias).

Criada por Gene Roddenberry e estrelada pelos atores Leonard Nimoy, DeForest Kelley, Nichelle Nichols, James Doohan, Eddie Paskey, George Takei, Walter Koenig e William Shatner, a produção foi um sucesso na tevê, o que acabou a levando também para os cinemas e a fez grudar na mente e no coração de gerações pelo mundo todo (opa o/). Mesmo aqueles que pensam não conhecer, têm alguma noção de sua existência. Os novinhos, por exemplo, com certeza já devem ter visto Sheldon (o nerd mais amado das séries de tevê) declamar o seu amor por Spock, personagem de Nimoy.

sheldon-spock
Em Big Bang Theory, Sheldon (Jim Parsons) não só tem um amigo com o nome de Leonard como também joga a brincadeira ‘papel, pedra e tesoura’ com mais uma opção, e esta última é em homenagem à Spock.

Para a alegria de grande parte dos terráqueos (bis no opa o/), o universo de Jornada nas Estrelas entrou no radar do produtor mais geek dos tempos atuais: J.J. Abrams. Ele que sempre está metido em projetos com a temática sci-fi conseguiu reintroduzir a dupla Kirk e Spock em um contexto ainda mais moderno – personagens estes que ganharam a interpretação dos atores Chris Pine e Zachary Quinto.

O que vimos nos dois primeiros filmes desta nova franquia produzida e dirigida por Abrams? resuminho básico:

  • Star Trek (2009) mostra como Kirk inicia seus treinamentos para se tornar capitão e do desafio que sente em seguir os passos do pai, somos apresentados ao grupo, vemos o bromance de Kirk e Spock crescer e temos um conflito satisfatório com um vilão vivido por Eric Bana.

  • Já em ‘Além da Escuridão’, lançado em 2013, toda a tripulação da Enterprise tem de lutar contra um mal dentro da ‘própria frota estelar’, da qual faz parte, e lidar também com um Benedict Cumberbatch raivoso e letal.

tumblr_ob50hrVHo01so803yo1_r1_500

O que esperar então de ”Star Trek: Sem Fronteiras”, estreia dessa quinta-feira (01)?

Bem, o filme chega com três anos de diferença do seu antecessor e não tem mais Abrams na direção. MAS ACALMEM SEUS CORAÇÕES, que apesar de a direção ser do irreverente Justin Lin (Velozes e Furiosos 6), J.J. continuou supervisionando tudo e o elenco também está de volta em peso, exceto por Alice Eve, que viveu Carol Marcus no segundo filme (e o chato é que não houve nenhuma explicação do porquê ela não retornou, todavia, sobrevivemos bem sem ela).

Enfim, desta vez, o capitão Kirk (Chris Pine), o primeiro oficial Spock (Zachary Quinto), a tenente Uhura (Zoe Saldana), o Doutor McCoy (Karl Urban), o piloto Sulu (Johtumblr_oaxkvqBka31s3rdxdo1_250n Cho), o resolve tudo, Scott (Simon Pegg), e também Chekov (Anton Yelchin), estão fazendo uma exploração em territórios desconhecidos e entram em atrito com a raça do lugar por causa de um artefato valioso. Quando conseguem escapar dali, retornam a Federação e recebem um pedido de socorro de uma estranha chamada Kalara (WIlson). O que mal sabem eles é que tal ajuda os colocará de frente com o perigoso Krall (Idris Elba), um inimigo misterioso da Federação que está interessado no artefato que a equipe de Kirk mantém guardado na Enterprise. Assim, eles precisam logo encontrar uma forma de driblar o vilão e para isso se aliam a  guerreira Jaylah (Sofia Boutella), sobrevivente das torturas de Krall que talvez saiba como derrotá-lo.

Continue lendo Star Trek – Sem Fronteiras (3D) entrega muita diversão aos fãs