Vida

Em ‘Vida’, ficção cientifica dirigida por Daniel Espinosa (Crimes Ocultos), seis astronautas de distintas nacionalidades são enviados a uma estação espacial para uma missão ultra especial: estudar amostras coletadas em Marte por um satélite. Já viu isso antes? pode ser que sim (risos nervosos).

No elenco, os machos alfa Jake Gyllenhaal e Ryan Reynolds contracenam com Rebecca Ferguson, Hiroyuki Sanada, Olga Dihovichnaya e Ariyon Bakare.

A película entra em cartaz hoje (20).

O longa se inicia com a equipe realizando seus afazeres rotineiros. Logo, o espectador fica sabendo quem é cada um dos astronautas e seu tempo de estadia na nave, além, claro, de conhecermos um pouco do porquê eles estão ali. O time é liderado pela doutora Miranda North (Ferguson), cabeça da missão. Temos ainda o resolve tudo Rory Adams (Reynolds), o auxiliar David Jordan (Gyllenhaal), os pilotos Sho Murakami (Sanada) e Ekaterina Golovkina (Dihovichnaya) e o doutor Hugh Derry (Bakare). Após a difícil chegada do satélite, a equipe consegue recolher as amostras, meta principal da missão que é comemorada não só por eles como também por terráqueos. Isto se deve ainda ao fato de que entre o material coletado está um ser unicelular especial que ganha vida ao ser estudado por Hugh. Durante a comemoração mundial, aquela nova forma de vida recebe o nome de Calvin e os dias seguintes na estação passam a ser primordialmente para observar e entender o desenvolvimento rápido de Calvin.

life-2-600x253

Altamente inspirada em Alien, O Oitavo Passageiro (1979), a película se introduz bem e se desenvolve seguindo aquela mesma fórmula de mistério, encontro com desconhecido e suspense. Ela quase consegue empregar terror por fazer o espectador sentir agonia de ver algumas sequências de cenas fortes, mas não chega a causar medo como o longa de Ridley Scott. As poucas surpresas que apresenta casam perfeitamente com o rumo que a trama segue, todavia,  não trazem inovação ao gênero.

tumblr_okxhmnYCh51tjhhvio3_500

O roteiro da dupla Rhett Reese e Paul Wernick vem cheio de intenções. Uma delas de dar a nova geração um suspense sério e que possa ser o inicio de um nova série de filmes (dizem os rumores que o longa é base para Venom, produção misteriosa programada para ser lançada ano que vem).

A condução mediana de Espinosa traz tudo aquilo que você já viu em filmes com a mesma temática e se cerca de bons momentos de tensão, muitas explosões, giros de câmera para acompanhar os atores e as situações deflagradas pela gravidade.

tumblr_onvn0bMPIy1r3ptbfo2_500

O  elenco vem alavancado por dois grandes astros de Hollywood, Ryan e Jake. Mas seus papéis ali cabem mais como equipe do que parceria e, por terem poucas cenas juntos, percebe-se que há um tempo de tela específico para cada um se destacar na trama tanto quanto o resto do elenco. Ryan, inclusive, não chegou a ter um personagem mais forte, pois sua agenda de gravação de outra produção não o permitiu. Ferguson e Dihovichnaya interpretam duas mulheres fortes, inteligentes e trazem efeito ao caminhar do enredo bem como os astronautas de Sanada e Bakare, que talvez sejam os únicos personagens que mostrem melhor suas fraquezas.

tumblr_onvn0bMPIy1r3ptbfo4_500

A super produção sofreu alteração na data de estreia, tanto no Brasil como lá fora, para não chocar com debut de produções da Disney e mesmo assim sua bilheteria não alcançou o valor do seu orçamento ($58.000.000).

Vida tem um tom bastante sério e sombrio e a algumas das ferramentas que mais colaboram para esse pensamento são a trilha sonora e a fotografia empregadas. O figurino é da ganhadora do Oscar Jenny Beavan.

Trailer

Ficha Técnica: Life, 2017. Direção: Daniel Espinosa. Roteiro: Rhett Reese e Paul Wernick.  Elenco: Ryan Reynolds, Jake Gyllenhaal, Rebecca Ferguson, Hiroyuki Sanada , Olga Dihovichnaya, Ariyon Bakare. Nacionalidade: Eua. Gênero: Ficção científica, suspense. Trilha Sonora Original: Jon Ekstrand. Figurino: Jenny Beavan. Fotografia:Seamus Mcgarvey. Efeitos Especias: David Watkins. Edição: Mary Jo Markey e Frances Parker.  Distribuidora: Sony Pictures. Duração: 01h44min.

Aos fãs de scifi, é uma boa pedida!

Avaliação: Dois potes de gosma marciana e oitenta histórias para contar (2,80/5).

20 de abril nos cinemas!

Vejo vocês por ai!

tumblr_oob0ght0sO1rp0vkjo1_500

B

Comentários
Barbara Kruczynski

Adotada pela família dos corvos, amante do som do banjo, devota de J.K.Rowling e fiel seguidora de Wes Anderson, a seu dispor ; )

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *