Nem Um Pouco Épico

Desafio Ler Além – Indicações 3/5

Para variar, estou bastante atrasada com o post, mas em minha defesa, não tenho noção de tempo… NUNCA TIVE NOÇÃO DE TEMPO, SINTO MUITO.

tenor

Enfim.

Temos mais livros para indicar para o Desafio Ler Além que estamos fazendo em parceira com a Revista Polén e as Valkírias (leia mais sobre o desafio aqui)! Desta vez as três categorias escolhidas foram: Infantojuvenil escrito por autor(a) brasileiro(a) negro(a)Livro de poeta mulher brasileiraNão ficção que não seja autobiográfica.

Você pode ler as partes um e dois deste especial também!

Infantojuvenil escrito por autor(a) brasileiro(a) negro(a)

1110-20140731172441

Rani e o Sino da Divisão – Jim AnotsuRani é uma garota que divide sua vida entre estudar, tocar guitarra numa banda com sua melhor amiga, reverenciar um tecladista finlandês e assistir seriados.Sua rotina se torna ainda mais insólita quando conhece Pietro, um garoto de tênis fluorescentes revela que ela é uma xamã urbana, responsável pela paz sobrenatural e mediadora entre os vivos e mortos. Esse é o primeiro passo da garota no estranho mundo dos Animais de Festa, uma facção de seres sobrenaturais que se preocupa bem mais com a diversão e sabores de sorvete do que com problemas de verdade.É justamente esse grupo de perdedores mágicos que fica responsável por ajudar a garota contra um antigo e misterioso adversário!

capa_de-olhos-fechados_2ed

De olhos fechados – Lavínia Rocha: “Ignorar é a solução”, foi o que pensou Cecília quando alguns papéis beges começaram a surgir no seu quarto, na sua bolsa e nos seus livros. O que seriam aquelas ameaças e informações sem nexo? Quem estaria mandando? Como se não bastasse, a cada vez que os lê, uma imagem passa em sua mente. Talvez isso pudesse ser menos estranho se Cecília não fosse cega desde o dia que nasceu. Para desorganizar ainda mais sua vida, Tiago – o garoto novo da escola – começa a balançar seu coração e a fazer com que sinta o que ela jamais sentiu. Sua dificuldade agora é acreditar no que sempre tentou passar às pessoas: ser cego não é sinônimo de limitação e tristeza. Entre os desafios do dia-a-dia e da adolescência, Cecília se vê envolvida em um mistério que pode afetar sua vida e de todos os belo-horizontinos, e ela não vai descansar até descobrir – e entender – um grande segredo do passado da cidade que os livros de História jamais ousaram contar.

Livro de poeta mulher brasileira

29853792

Constelações – Helena Zelic: Em seu livro de poesia de estreia, Helena fala sobre mulheres, sobre força, sobre coragem de sair do apartamento e enfrentar os medos. São poemas sobre o feminismo e o feminino.

1103036-anglica-livro

Um útero é do tamanho de um punho – Angélica Freitas: Os poemas de Angélica falam sobre suas inquietações, angústias e questionam o feminino e suas percepções com situações e coisas cotidianas. Ainda que não seja objetivamente feminista, a poesia da Angélica aborda questões feministas.

14071_gg

Pé do ouvido – Alice Sant’Anna: Um longo poema dividido em duas partes – sem nome, chamadas apenas de “parte 1” e “parte 2” –, Pé do ouvido conversa entre si em um longo e íntimo monólogo sobre a contemporaneidade, a linguística e sua visão de mundo.

um_teste_de_resistores_capa

Um teste de resistores – Marília Garcia: O livro de Marília Garcia vai além da poesia, posicionando-se como “uma espécie de ensaio filosófico autobiográfico em tons poéticos”. É uma obra pessoal sobre o íntimo do cotidiano.

rua-da-padaria-capa

Rua da padaria – Bruna Beber: Em Rua da padaria, Bruna trata de sua infância e adolescência na Baixada Fluminense na década de 1990, em tom descontraído e nostálgico, sem abandonar a ironia.

13989_gg

O livro das semelhanças – Ana Martins Marques: Com um livro dividido em quatro seções (“Livro”, “Cartografias”, “Visitas ao lugar-comum” e “O livro das semelhanças”), a poeta mineira Ana Martins Marques lança um olhar sobre o amor, o lugar comum e a efemeridade da nossa experiência nesse mundo.

13623_gg

Poética – Ana Cristina Cesar: Figura marcante da poesia marginal, Ana Cristina Cesar – ou simplesmente Ana C. – teve seus trabalhos reunidos neste livro com textos inéditos e obras há muito fora de catálogo.

Não ficção que não seja autobiográfica

hony

Humans of New York, Brandon Stanton: Em 2010, Brandon Stanton, fotógrafo, começou um projeto ambicioso no qual ele decidiu tirar fotos de pessoas (independente delas serem famosas ou morarem na cidade ou da idade delas) na cidade de Nova Iorque. Estas fotos são acompanhadas de relatos pessoais destas pessoas e o sucesso foi tão grande que foi feito este livro inspirado no blog. Por sinal, Humans of New York passou por vários países, inclusive pelo Brasil, e, atualmente, ele está acompanhando as pessoas da Colômbia (dá para acompanhar pelo os relatos Facebook).

capitolina

Capitolina, Volumes 1 e 2 Várias Autoras: Em 2014, foi criada a revista online Capitolina com o objetivo de criar uma mídia alternativa para garotas adolescentes tratando de assuntos como relacionamentos, cinema, música, feminismo, moda, games, viagens, entre outros, de forma colaborativa, inclusiva e livre de preconceitos. Os volumes lançados de Capitolina reúnem os melhores textos publicados no site, além de conteúdo inédito e atividades interativas para os leitores.

28696602

I’m Judging You: The Do-Better Manual – Luvvie Ayaji: Luvvie fala como é ser uma nigeriana nos EUA, de amizades, sobre racismo, sobre o machismo, sobre feminismo branco e como ele é racista e não ajuda em nada (viva o feminismo interseccional!!!), sobre a homofobia, sobre a gordofobia, sobre a cultura de estupro e muito mais em uma série de ensaios. Ah! E a Shonda comprou os direitos do livro dela para fazer uma seriado, então…

14085_gg

Vozes de Tchernóbil – Svetlana Aleksiévitch: Em Vozes de Tchernóbil, Svetlana reconta a história do acontecimentos de 26 de abril de 1986 – quando a uma explosão seguida de incêndio na usina nuclear de Tchernóbil provocou uma catástrofe sem precedentes em toda a era nuclear: uma quantidade imensa de partículas radioativas foi lançada na atmosfera da URSS e em boa parte da Europa – através das vozes de viúvas, trabalhadores afetados, cientistas ainda debilitados pela experiência, soldados, gente do povo.

capa-social-killers-frente-final

Social Killers – Amigos Virtuais, Assassinos Reais – RJ Parker e JJ Slate: Este livro reúne alguns dos casos mais assustadores e angustiantes de criminosos que usaram as redes sociais para se aproximar de suas vítimas. Stalkers, predadores sexuais, assassinos, canibais, torturadores, a lista é enorme.

o-exorcismo-capa-darkside

Exorcismo – Thomas B. Allen: O jornalista Thomas B. Allen narra em Exorcismo a história em detalhes os fatos do que realmente aconteceu com o adolescente de 14 anos e norte-americano Robert Manheim, que gostava de brincar com sua tábua ouija, presente que ganhou de uma tia que achava ser possível se comunicar com os mortos. Os acontecimentos sobrenaturais de Robert foram tão assustadores que inspiraram William Peter Blatty a escrever sua obra-prima, O Exorcista.

55093_gg

Sou Fã! E agora? – Frini Georgakopoulos: Só quem é fã de verdade sabe o quanto o amor por um livro, um personagem ou uma história é verdadeiro e, muitas vezes, irracional. Pensando nisso, Frini criou esse manual de sobrevivência com textos divertidos e interativos sobre os porquês de curtirmos tanto as história, além de ajudar a descobrir o que fazer com todo esse amor: criar seu próprio cosplay, escrever uma fanfic, organizar um evento, começar um blog ou canal e muito mais


Então é isso!

Esta foi a nossa terceira leva indicações e esperamos que vocês tenham gostado dela (e das anteriores!!).

Por favor, fiquem à vontade para indicar mais livros, principalmente para a categoria Infantojuvenil escrito por autor(a) brasileiro(a) negro(a), que só conseguimos pensar em dois (</3), e lembrem-se de usar a hashtag #LerAlem ao discutir e compartilhar suas leituras do desafio nas redes sociais também! <3

Comentários

About Val

A Rainha do Contra e das Reclamações. Quando não está discordando ou reclamando da Vida, do Universo e Tudo o Mais, pensa em como sobreviver à uma invasão zumbi. Toma banhos iluminadores e protege o mundo das Temíveis Criaturas que Vivem em seu Quarto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll To Top