Para quem fala inglês: The Lizzie Bennet Diaries

Cena icônica do primeiro episódio.

Eu já havia visto uma chamada para The Lizzie Bennet Diaries no tumblr do Hank Green e tinha guardado para ver depois, só que acabei esquecendo. Foi só quando a Dayse me mandou pelo twitter (DUAS VEZES) que eu me sentei e vi os três episódios de três minutos que estão no ar até a presente data.
O que aconteceu depois foi óbvio: já vi os vídeos três vezes e decidi que iria compartilhar com vocês, LEITORES! Sim!

Mas o que diabos é isso?

The Lizzie Bennet Diaries é um canal no youtube que é um videolog estrelado pela Lizzie Bennet e filmado/editado pela sua melhor amiga, Charlotte. A série é baseada em Orgulho e Preconceito e o traz para os dias de hoje. Ela é de realização de Hank Green (que faz a edição – e é o irmão do John Green e um dos Vlogbrothers) e de Bernie Su (responsável pelos roteiros).

Essa é a Lydia Bennet!

No tumblr dos dois (é só clicar nos links nos nomes deles) vocês podem ler vários posts sobre a série, a realização e a adaptação. Os dois chamam isso de um “experimento”, então eles estão abertos a sugestões pelas redes sociais. O último vídeo que saiu foi baseado num comentário do facebook, então além de adaptar a obra, ainda é de forma colaborativa.

Em uma entrevista com Hank e Bernie sobre o projeto, eles comentaram que a adaptação se baseia basicamente em manter as personalidades dos personagens e se perguntar “Se eles vivessem no século XXI, o que eles fariam?”. Além disso, a ideia deles é manter toda a série nesse formato de vlog. O Hank é basicamente um especialista nisso (se vocês já viram vídeos do Vlog Brothers, sabem do que estou falando), então acho que o resultado vai ser legal. Além disso, eles dizem para não esperarem ver todo mundo dos livros. Alguns personagens só serão mostrados do ponto de vista da Lizzie, com ela interpretando como se fossem eles. Se vocês verem os vídeos, entenderão do que estou falando!

Esse é um gratuito do James Franco para incentivar vocês.

Como o projeto é novo (começou faz uma semana), não tem nenhum vídeo com legenda em português. Se alguém estiver disposto a me ajudar, podemos entrar em contato com o pessoal e ver se podemos disponibilizar. Não sei fazer timming nem nada, mas ISSO PRECISA SER COMPARTILHADO COM O MUNDO.

Por fim, antes de incorporar o primeiro vídeo da série, eu acho que o nível de inglês é intermediário. Eu tive um pouco de dificuldade no início do primeiro vídeo porque ela fala um pouco embolado a parte em que se apresenta, mas, fora isso, é normal. Algumas pessoas podem achar muito rápido, mas o Hank Green definitivamente fala mais rápido. Nesse primeiro vídeo, se você clicar em “CC”, tem a transcrição dele! **Edit – Eu traduzi o primeiro para português e enviei a legenda para eles. Vamos aguardar. :D**

 

 

Você pode acompanhar o canal aqui, o tumblr aqui, curtir no facebook aqui e seguir no twitter aqui.

(Depois que assistirem tudo, comentem aí pra gente poder surtar “sem spoilers”, ahahah :P)

Comentários

Sobre Bell

Codinome de Bárbara Morais, autora da Trilogia Anômalos. A quantidade de ideias que tem é inversamente proporcional ao seu tempo para fazê-las. Gosta de números tanto quanto gosta de letras - e jura solenemente não fazer nada de bom (enquanto estiver nesse blog).

17 comentários sobre “Para quem fala inglês: The Lizzie Bennet Diaries

  1. AAAAH, EU VI ESSE PRIMEIRO AI, ACHEI SUPER DIVERTIDO, VEREI OS OUTROS.
    Achei a IDEIA legal, achei o jeito do negócio legal. Vou lá ver os outros, até mais.
    Beijos, tchau!

    AH! VALEU PELA DICA, GENTE! *-*

  2. Veja os outros! O Segundo e o terceiro são ainda mais legais que esse (sim, é possível).
    E o nome do Mr. Bingley é… BING LEE? ahahaha IMPAGÁVEL

  3. EU TRADUZI! MAS NÃO CONSIGO COLOCAR NO VÍDEO. ENTREI EM CONTATO COM OS RESPONSÁVEIS
    *empolgada porque fará diferença pelo menos UMA VEZ NA VIDA*

  4. Eu já mandei para eles :) vamos ver se vai dar certo! Só traduzi o primeiro por enquanto, mas acho que até sexta traduzo os outros dois.

  5. Eu comecei a ler Orgulho&Preconceito há umas semanas, super quero ver isso :) e ainda é melhor do que praticar o inglês pela TV 😛

  6. Acho que vou ser a única do contra aqui: assisti o vídeo, mas só dei um sorrisinho na parte do “gay serial killer”. Não achei engraçado. :( Mas isso também pode ser porque nunca li Jane Austen – nunca me convenceu.

  7. Mas nem os filmes você viu??
    Eu acho que realmente tem MUITO MAIS APELO pra quem leu/viu/conhece Orgulho e Preconceito. Mas faz parte, ahahah 😛
    Quem sabe eles não acabam fazendo de alguma obra clássica que vc gosta muito???

  8. ISSO É TÃO LEGAL! Quero saber quando Mr. Darcy vai aparecer!!! hahaha
    Eu adoro Orgulho e Preconceito, queria ser mais Lizzie Bennet nessa vida e, enfim, amei! *empolgação*

  9. Nossa amei!!!É a 1º vez que comento aqui e estou superfeliz que seja em uma post de Orgulho e Preconceito que é um dos meus livros favoritos(ah e o gif do James Franco ajudou tb)….
    Vou continuar assistindo,adoro todos os tipos de trabalhos que envolvem a Jane Austen e trazendo para o nosso século(AWESOME!)fica algo bem diferente,ainda mais pq Bridget Jones não mostrou outros personagens que queria muito que tivessem sido mostrados na trama atual.
    Ah e vc já assistiu Lost In Austen?É perfeito,se quiser passo os links! :3

  10. LYDIA, OH MY GOD!!
    Hank Green, why so genial??
    kkk
    Sério, amei isso! Muito engraçado! E BING LEE????? hahah
    Ela insinuando que Bing Lee e Darcy eram gays HAHAHAH
    Darcy, what name is that?? kkk
    E o clube do livro das mães da Lizzie e da Charlotte?? HAHAH
    MUITO BOM!

  11. Eu não sei porque, eu achei que isso aí seria uma bomba. A minha vontade de assistir era zero, apesar da ideia ser muito original (não a de adaptar um clássico para os dias atuais, mas a de fazer isso em formato de vlog) não conseguia ver a história se encaixando assim. Ah, mas agora eu vejo como eu estava profundamente e tristemente enganada. Todas as modificações estão ótimas, as atuações estão incríveis. É tão bom que acho que vários personagens (é, como o próprio Darcy) nem vão precisar aparecer.
    O único defeito é o fato de os vídeos serem curtos demais.

  12. Eu amo O&P, super me identifico com a Lizzie e suspiro pelo Mr Darcy, mas não tenho paciência pra séries e mal assisto filmes. Aí entrei no youtube só pra ver se “esse tal de The Lizzie Bennet Diaries que tá todo mundo falando” é bom mesmo e… São 1:40, e eu assisti a todos os vídeos de uma vez. Isso é um milagre hauhauha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *